quinta-feira, 26 de março de 2009

A mais pura verdade.

Como eu posso começar a fazer mil coisas e não terminar nenhuma?

Todo mundo deve fazer a mesma pergunta. E saber que tem gente assim como eu me conforta muito.

É muito difícil essa minha impulsividade para tentar fazer tudo que parece legal, culto, divertido ou qualquer coisa que me faça sentir melhor. É uma mistura de ansiedade, desespero, irracionalidade, e tudo mais.

Outro sábado fiquei em casa (milagre) e resolvi arrumar meu armário (outro milagre). Na prateleira dele têm “trocentos” mil livros que eu comprei em ataques de quero-gastar-dinheiro-com-coisa-útil e acho que li dois deles, os outros li até a página 50 e desisti.

Detalhe, esses dois que foram lidos não eram nada cultos, tipo: “Ele simplesmente não está afim de você.” – sacou?

Do lado desses livros que eu nem faço idéia da história, tem uma pilha de CDs que eu comprei num desses ataques de gastança e acho que ouvi as duas músicas mais famosas – das outras, nem faço idéia.

Ah! Sou a melhor em começar e não terminar meus textos. No começo, quando a idéia vem, nossa! Parece que acontece uma explosão de idéias. Daqui a pouco eu percebo que a idéia não é tão legal assim e apago. Pura falta de determinação!

Academia? Nossa, eu estou até orgulhosa de mim mesma, estou há 3 meses na academia e ainda não senti vontade de cancelar o plano. Já perdi as contas de tantas vezes que comecei e parei, paguei e não usei.

Dieta? Ah! Começo na segunda paro na terça e resolvo não fazer mais, daí como demais no domingo e prometo que a próxima dieta vai ser a semana toda, aí me aparece uma amiga com um brigadeiro depois do almoço, pecado!


É. As pessoas começam a desacreditar de você.

Sim, é assim que acontece com pessoas como eu. Quero fazer aula de surf, de ballet, de yoga, de luta, quero namorar, só ficar, ir pra balada, ler um livro, ouvir música e escrever um texto – tudo ao mesmo tempo.

O resultado?

Nada feito 100%. Tudo pela metade.

Chega da vida pela metade. Começou? Termina.

Acho que vou começar pelos livros que comprei, depois pelos CDs, dieta... Ou será que eu começo coisas novas agora, afinal, aquelas já estão no meio.

Difícil, né?

Acho que esse texto vai ficar sem final, amanhã termino.

5 comentários:

Feibis disse...

Tô contigo pro q der e vier e pro q nao der e nao vier tbem!

Bru disse...

claro que isso esta a sua cara.

Filha, tbm me pego nesses dilemas de querer continuar e começar diversas coisas, mas os astros (pq minha vontade nunca acaba) não ajudam e eu nao consigo terminar.

Siga seu coração amore, e se não terminar várias coisas, não olhe para trás e continue - nothing matters! =)

L&L-Arte de pensar e expressar disse...

gostei de seu blog parabens quando der visite o meu www.palavrasarteblablabla.blogspot.com

Anônimo disse...

jana, adorei seu texto: a sua cara!!!
flor, ninguém experimeta como vc! pense nisso..
eu acho que não tem problema nenhum começar o regime na segunda e parar na terça contanto qye vc não reclame de si mesma e aceite esta história. It's up to you. bjs bjs na.

Adriano disse...

jana, seu ultimo texto é do final de março. vai desistir do blog? :-)